sábado, 20 de março de 2010

EQUINÓCIOS : Do Outono e da Primavera


Equinócio - definição:

Na área da astronomia, equinócio é definido como um dos dois momentos em que o Sol, em sua órbita aparente, (como vista da Terra), cruza o plano do equador celeste (a linha do equador terrestre projetada na esfera celeste). Mais precisamente é o ponto onde a eclíptica cruza o equador celeste.

A palavra equinócio vem do Latim, aequus (igual) e nox (noite), e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. Ao medir a duração do dia, considera-se que o nascer do Sol (alvorada ou dilúculo) é o instante em que metade do círculo solar está acima do horizonte e o pôr do Sol (crepúsculo ou ocaso) o instante em que o círculo solar encontra-se metade abaixo do horizonte. Com esta definição, o dia e a noite durante os equinócios têm igualmente 12 horas de duração.

Os equinócios ocorrem nos meses de março e setembro e definem as mudanças de estação. No hemisfério norte a primavera inicia em março e o outono em setembro. No hemisfério sul é o contrário, a primavera inicia em setembro e o outono em março.

As datas dos equinócios variam de um ano para outro devido aos anos tropicais (o período entre dois equinócios de março) não terem exatamente 365 dias, fazendo com que a hora precisa do equinócio varie ao longo de um período de dezoito horas, que não encaixa necessariamente no mesmo dia. O ano trópico é um pouco menor que 365 dias e 6 horas. Assim, num ano comum, tendo 365 dias e portanto mais curto, a hora do equinócio é cerca de seis horas mais tarde que no ano anterior. Ao longo de cada sequência de três anos comuns, as datas tendem a adiantar-se um pouco menos de seis horas a cada ano. Entre um ano comum e o ano bissexto seguinte há um aparente atraso devido à intercalação do dia 29 de fevereiro.

Também se verifica que a cada ciclo de quatro anos os equinócios tendem a atrasar-se. Isto implica, que ao longo do mesmo século, as datas dos equinócios tendem a ocorrer cada vez mais cedo. Assim, no século XXI só houve dois anos em que o equinócio de março aconteceu no dia 21 (2003 e 2007); nos demais, o equinócio tem ocorrido em 20 de março. Prevê-se que, por volta do ano 2040, passe a haver anos em que o equinócio aconteça no dia 19. Esta tendência só irá desfazer-se no fim do século, quando houver uma sequência de sete anos comuns consecutivos (2097 a 2103), em vez dos habituais três.

Devido à órbita da Terra, as datas em que ocorrem os equinócios não dividem o ano em um número igual de dias. Isto ocorre porque quando a Terra está mais próxima do Sol (periélio) viaja mais velozmente do que quanto está mais longe (afélio).


Na Wicca:

- MABON - Equinócio de Outono

(21 de Setembro) H. Norte / (21 de Março) H. Sul

Este é o segundo dos feriados da Colheita. A fraqueza do Deus já se faz sentir, e as plantações vão aos poucos desaparecendo, enquanto os estoques se enchem. Derrama-se leite sobre a TERRA para agradecer pela fertilidade e bondade da terra. Agora, nos fechamos, e nossos corações voltam-se para nós mesmos.

Período Negro do ano se aproxima aos poucos. É uma data especial para invocarmos espíritos familiares, guardiões e antepassados, para pedir sua ajuda e aconselhamento no período mais negro da Roda em pouco tempo se fará presente.

No Panteão Celta, Mabon, também conhecido como Angus, era o Deus do Amor. Nessa noite devemos pedir harmonia no AMOR e proteção para as pessoas que amamos. Está é a segunda colheita do ano. O Altar deve ser enfeitado com as sementes que renascerão na primavera. O chão deve ser forrado com folhas secas. O deus está agonizando e logo morrerá.

E este é o Festival em que devemos pedir pelos que estão doentes e pelas pessoas mais velhas, que precisam de nossa ajuda e CONFORTO . Também é nesse festival que homenageamos as nossas Antepassadas Femininas, queimando papéis com seus nomes no Caldeirão e lhes dirigindo palavras de gratidão e bênçãos.

COMEMORANDO O MABON

Decore o altar com cones, ramos de Carvalho, pinho e cipreste, espigas de milho, raminhos de trigo, e outras frutas e cones. Também coloque uma pequena cesta rústica com folhas secas de várias cores e formatos. Prepare o altar, acenda as VELAS e o INCENSO , e crie o círculo. Invoque a Deusa e o Deus. De pé diante do altar, erguendo a cesta com folhas, espalhe lentamente para que caiam no solo dentro do círculo. Diga palavras como as que se seguem:

"Folhas caem, O dia esfria,

A Deusa puxa seu manto sobre a TERRA a seu redor

Enquanto você, ó Grande Sol,

caminha em direção ao oeste

Para a TERRA do ENCANTAMENTO eterno,

Envolto no frescor da noite.

As frutas amadurecem, As semente caem,

As horas do dia e da Noite se equilibram.

Ventos frios sopram do norte num lamento.

Nesta aparente extinção do poder da natureza, Ó Deusa Abençoada,

Eu sei que a vida continua.

Pois não há vida sem morte.

Abençoado seja, ó Deus caído,

enquanto viaja para as terras do inverno

e para os braços amorosos da Deusa."


Depois a cesta e diga:



"Ó Graciosa Deusa da fertilidade,

semeei e colhi os frutos de meus atos, bons e ruins.

Conceda-me a coragem para plantar sementes de prazer no ano vindouro,

afastando a miséria e o ódio.

Ensina-me os segredo de uma existência sábia neste planeta,

Luminosos ser da noite."


Faça trabalhos de magia se necessários. Celebre um banquete Simples. O circulo está desfeito.


ERVAS TÍPICAS DO EQUINÓCIO DE OUTONO - MABON

Áster, Madressilva, Malmequer, Mirra, Folhas de carvalho, Flor de MARACUJÁ , Avelã, Milho, Álamo, Feixes de trigo e Cones de Cipreste.

COMIDAS TÍPICAS DO EQUINÓCIO DE OUTONO - MABON

Pão de Milho, Milho, Abóbora e feijões cozidos e Leite.



***

- OSTARA ou SPRING - Equinócio de Primavera

(21 de Março) H. Norte / (21 de Setembro) H. Sul

Pela primeira vez no ano o dia e a noite se fazem iguais. É portanto, uma data de equilíbrio e reflexão. Os dias escuros se vão, e a TERRA está pronta para ser plantada. É quando os Deus e Deusa se apaixonam, e deixam de ser mãe e filho.

Nessa data, a semente da vida é semeada no ventre da Deusa, A Donzela revigorada e cheia de alegria. O Deus é devidamente armado para sair em sua viagem no mundo das trevas e reconquistá-lo, para que posteriormente a luz volte a reinar.

Ostara é o Festival em homenagem à Deusa Oster, senhora da Fertilidade, cujo símbolo é o coelho. Foi desse antigo festival que teve origem a Páscoa. Os membros do Coven usam grinaldas, e o Altar deve ser enfeitados com flores da época. É um costume muito antigo colocar ovos pintados no Altar. Eles simbolizam a fecundidade e a renovação. Os ovos podem ser pintados crus e depois enterrados, ou cozidos e comidos enquanto mentalizamos nossos desejos. Nesse caso, não utilize tintas tóxicas, pois podem provocar problemas se ingeridas.

Use anilinas para bolo, ou cozinhe os ovos com cascas de cebola na água, o que dará uma bela cor dourada. Antes de comê-los, os membros do Coven devem girar de mãos dadas em volta do Altar para energizar os pedidos. Os ovos devem ser decorados com símbolos mágicos, ou de acordo com a sua criatividade.

Os pedidos devem ser voltados à "fertilidade" em todas as áreas.

COMEMORANDO O OSTARA

Deve-se colocar flores no altar, ao redor do círculo e enfiadas no chão. O caldeirão pode ser cheio com ÁGUA mineral e flores, e botões e brotos também podem adornar as vestes. uma pequena planta envasada deve ser colocada no altar. Prepare o altar, acenda as VELAS e o INCENSO , e abra o círculo, invoque a Deusa e o Deus. De pé diante do altar, observe a planta e diga:


"Ó Grande deusa, Liberta da prisão gelada do inverno.

Agora é a hora do verdejar, quando a fragrância das flores se espalha com a brisa.

Este é o início.

A vida se renova por sua magia, Deusa da Terra.

O deus se distende e se ergue, ansioso em sua juventude,

e pleno com sua promessa do verão."


Toque a planta. Concentre-se a sua energia e através dela com toda natureza. Viaje por suas folhas e ramos em sua visualização do centro de sua consciência para fora de seu braço e dedos e penetrando dentro da própria planta. Explore sua natureza interior; sinta os milagroso processos da vida ativos em seu interior. Após algum tempo, ainda tocando a planta, diga:


"Caminho pela TERRA em amizade, não como dominador.

Deusa Mãe e Deus Pai, depositem em mim Através desta planta um AMOR por todas as coisas vivas;

Ensinem-me a reverenciar a TERRA e todos os seus tesouros.

Que eu jamais me esqueça."


Medite acerca das mudanças de estações. Sinta o crescer das energias na TERRA a seu redor. Trabalhos de magia, se necessários, podem seguir. Celebre um banquete simples. O círculo está desfeito.


ERVAS TÍPICAS DO EQUINÓCIO DE PRIMAVERA - OSTARA

Cinco- folhas, Narciso, Madressilva, Íris, JASMIM , ROSA , Morango e Violeta.


COMIDAS TÍPICAS DO EQUINÓCIO DE PRIMAVERA – OSTARA

Sementes como o Girassol, abóbora e GERGELIM , assim como Castanhas de Pinheiro. Brotos, verduras folhosas e verdes. Pratos com flores, como nastúrcios recheados ou bolinhos de CRAVO .


*Fonte de pesquisa: site wikipédia e site old religion

quinta-feira, 18 de março de 2010

A CABALA DA PIRÂMIDE INVERTIDA

imagem do google


O Livro será lançado em Abril/2017 no Clube de Autores.

Este método antigo foi entregue para Helyn Hitchcock (autora do Livro “A Magia dos Números ao seu alcance”) com sua correspondente chave, por Orcella Rexford, uma numerologista que morreu há anos. Também conhecido como Cabala da Pirâmide Invertida - Abracadabra,

O método foi revisado de forma que pudesse ser compreendido pelos interessados em autoconhecimento.

Deixando em aberto para todos que estivessem suficientemente capazes de decifrá-lo.

Então, seguindo o método revisado por Helyn Hitchcock, eu estudei todas as chaves desta Cabala e desenvolvi um método mais completo, incluindo meus estudos de numerologia, tarologia, astrologia e simbolismos ligados ao esoterismo, baseado em pesquisas feitas por vários anos de estudo, depois que adquiri conhecimento deste método interessante e intrigante de autoconhecimento. Na minha concepção, há uma conexão entre todos os números e os estudos mencionados, formando uma rede de acontecimentos vibracionais infinitamente ligados. Não posso separar os números destas linhas de autoconhecimentos, porque um depende do outro para acontecer no campo vibracional da esfera terrestre.

Todas as pessoas que já tiveram a oportunidade de conhecê-lo, através das minhas interpretações, ficaram impressionadas com os esclarecimentos dos acontecimentos da sua vida diária. Este sistema de interpretação dos números é feito através do nome inteiro de nascimento da pessoa e sua data de nascimento.

Desejo que você, leitor, interessado em aprender este método, compreenda todas as chaves que se abrirão diante dos caminhos da Cabala da Pirâmide Invertida, como uma mágica do Abracadabra, captor de energia Universal, diretamente para seu autoconhecimento, proporcionando o discernimento nos acontecimentos diários, através dos aspectos, simbolismos e características de cada número.

Bastante proteção em seus caminhos,

Helen De Rose
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...