Este blog tem por objetivo formar opiniões e estimular reflexões, apenas isto. A crença pertence a cada um, é individual e intransferível. (Helen De Rose)

terça-feira, 28 de maio de 2013

Super Lua - Dia 23 de Junho de 2013



A super Lua acontece quando a Lua chega ao seu ponto mais próximo da Terra. O fenômeno é também chamado de “perigeu lunar”, já que a órbita lunar tem o formato de elipse, e não de círculo.

As Luas cheias variam de tamanho por causa de sua órbita oval. O trajeto elíptico tem um lado (perigeu) cerca de 50 mil km mais perto da Terra do que o outro (apogeu). Para um observador no planeta, as Luas perigeu ficam 14% maiores e 30% mais brilhantes do que no apogeu.

No perigeu, a Lua estará a apenas 356.991 quilômetros de distância às 07h32, segundo o horário de Brasília. Já em 9 de julho, a Lua vai oscilar para apogeu, a 406.490 quilômetros de distância da Terra.

A proximidade da Lua pode aumentar um pouco as marés, mas não há com o que se preocupar: as variações serão de apenas alguns centímetros a mais do que o normal. A Nasa, agência espacial americana, alerta também que as Luas perigeu não disparam desastres naturais.

Para quem quer tirar belas fotos, outra dica da Nasa: o melhor momento para observar a Lua é quando ela ainda está perto do horizonte. Em contraste com árvores e prédios, ela parecerá ainda maior.



Apogeu e Perigeu da Lua


A nossa conhecida Lua é quatro vezes menor do que a Terra. Não tem atmosfera e apresenta água em pequena quantidade no estado sólido. Devido a ausência de atmosfera, e afetada por fortes colisões de meteoros responsável pelo seu aspecto que conhecemos com suas crateras.

A lua também é o principal responsável pelos efeitos de marés que ocorrem na Terra. Por causa desses efeitos, a Lua se afasta do nosso planeta em média 3 cm por ano.

Apesar de sua origem ainda ser uma indagação, uma das hipóteses é que ela teria surgido a partir do choque de um corpo celeste com a Terra ainda em seu período de formação, mas isto é assunto para os próximos artigos.

A trajetória da Lua em torno da terra não é circular, ela é elíptica e esta volta ocorre a cada 28 dias aproximadamente. Assim em alguns momentos a lua esta mais próxima da terra e em outros momentos ela esta mais distante, em cada ciclo.

Assim surgiram os termos que retratam este fenômeno. Quando a Lua está em seu ponto mais distante da trajetória ao redor do planeta Terra falamos que ela esta no Apogeu. Já quando a Lua está mais próxima ela esta no seu Perigeu.
Para compreendermos melhor um esquema abaixo pode ajudar a compreender o fenômeno.

No apogeu e perigeu a lua não diminui ou aumenta de volume, porem temos a percepção de que ela menor ou maior devido a sua aproximação. Outro fato que deve-se levar em conta e não confundir com a sensação que temos quando a lua esta próxima ao horizonte e ela esta maior. Este fenômeno na verdade é uma ilusão de ótica, próximo ao horizonte devido aos pontos de referência como prédios fica a sensação que a Lua esta maior, quando atinge o Zênite (linha imaginária que parte do observador e sempre aponta para o ponto mais elevado) a ausência de pontos de referência nos dá a impressão que a Lua diminuiu, mas na verdade ela esta do mesmo tamanho.

Um comentário:

Agradeço sua atenção.
Bastante sorte!
Sucesso sempre!
Helen De Rose

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...